Dia 19: Um pequenino grande fã

Ao montar o cenário
Eis que surge distante
um menino meigo
de olhar penetrante.

Ao se aproximar
De mansinho e na espreita
cuidadosamente, dizia:
– eu já vi a Damião e Cia!

Tinha lá seus seis anos de altura,
Mas sua desenvoltura
era a forma de gente grande.
Era impressionante!

Ao ver o Damião
aquela recuada ele deu
com as mãos buscando as palavras
ele chegou em Deus.

e pensei:
Esse menino deve aterrorizar!
Que para engano meu
assistiu a peça toda sem piscar

Sentiu medo quando viu a morte entrar
com todos seus cabelos a se arrepiar
Se matou de rir quando viu o chifre cair
com todas as janelinhas a se inibir

Esse menino
franzino e brilhante
com seu peito bufante
sorria feliz.

Confesso, as vezes é bom demais ser atriz.

E o menino quietin
as palmas batia
olhando pra a mãe e pra tia
assim que chegamos no fim

e a conclusão foi simples:
havia de lembrar
desse menino meigo e cativante
no meu coração e adiante!

E além de tudo,
seus olhos brilhavam
como as estrelas do céu.
Obrigada, menino Cael!

por Bruna Recchia

DSC00045 DSC00127 DSC00380 DSC00036 DSC00043

Fotos: MaFê Moreira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *