As Desventuras do Capitão Rabeca

 

As Desventuras do Capitão Rabeca é um espetáculo solo escrito e interpretado pelo ator Rodrigo Nasser, com direção de Tiche Vianna. A peça apresenta a figura tragicômica de Capitão Rabeca, o qual narra ao público a história de sua infância e maturidade, de como floresceu em seu espírito a admiração pelas artes e pela beleza, e como foi reprimido por seu rigoroso pai para ser moldado a ferro e fogo para a prática da guerra.

O espetáculo, escrito em versos, é fundamentado na criação de uma linguagem que mistura diversas expressões estéticas do teatro popular. Assim, são articuladas as técnicas da máscara, da mímica, da poesia popular brasileira e da música para apresentar ao público uma narrativa que reflete sobre a morte e a violência, mas também sobre criação, arte e vida.

Ambientado nos tempos medievais, o espetáculo, no entanto, ultrapassa os limites do tempo e nos alcança em qualquer época ao analisar questões profundamente humanas. O distanciamento espaço-temporal permite que o espectador reflita de maneira crítica acerca de si mesmo, ao realizar paralelos entre sua própria história e as condições que levaram o personagem a se afastar de seus desejos e a cometer atos desmedidos de violência e vingança.

Dessa forma, Capitão Rabeca representa o quanto nos tornamos tragicamente ridículos quando não tomamos posse de nossas próprias vidas e não buscamos realizar nossos próprios desejos.

 

Ficha técnica

Direção: Tiche Vianna

Direção musical: Marcelo Onofri

Texto e atuação: Rodrigo Nasser

Figurinos: Bruna Recchia

Produção: Fernanda Jannuzzelli

Iluminação e cenotécnica: Eduardo Albergaria

Maquiagem: Lara Prado

Operador de som: Lucas Marcondes

Realização: Damião e Cia de Teatro

Vídeo completo

NyI&t=872s